Arquivo postado em ‘San Blas’

GIRAMUNDOS ENTREVISTA UMA FAMÍLIA INDÍGENA DE KUNA YALA!

Monday, December 3rd, 2012

Próxima à costa do Panamá no Mar do Caribe, vive uma comarca dos Kuna Yala. Essa comunidade indígena está espalhada pelas Ilhas do Arquipélago de San Blas, um verdadeiro oásis da natureza. Aproveitei minha estádia em San Blas para fazer mais uma entrevista à TV-Giramundos. Depois de muita conversa e insistência, consegui entrevistar uma família de Kuna Yala que vive na Ilha Perro. Conversando com eles descobri algumas curiosidades interessantes que vocês poderão conferir no vídeo abaixo. Até o próximo post!

Vídeo: Giramundos.com

Foto: Giramundos.com

ONDE HOSPEDAR-SE EM SAN BLAS?

Monday, December 3rd, 2012

Há duas opções para dormir nas ilhas de San Blas: U$25,00 é valor da diária de uma barraca de camping com colchão inflável e mais três refeições, café da manhã, almoço e jantar. Nesse mesmo valor pude usar um banheiro bem ecológico revestido com folhas de coqueiro. Para quem busca um pouco mais de conforto, por U$45,00 é a diária de uma cabana com telhado de palha, camas de madeiras com colchões e três refeições. Passar uma noite em San Blas é estar literalmente com o pé na areia, dormir em rede e tomar banho de canequinha. O banheiro da cabana na Ilha Diablo é de madeira e sem teto, já os banheiros da “Ilha Perro” são mais completos, chuveiro, pia e vaso sanitário. Tudo muito rústico, mas o suficiente para suprir as necessidades de um viajante aventureiro. Uma dica importante é tentar economizar o máximo possível de água, pois ela é bem escassa!

 Fotos: Giramundos.com

Vídeos: Giramundos.com

Há duas opções para dormir nas ilhas de San Blas: U$25,00 é valor da diária de uma barraca de camping com colchão inflável e mais três refeições, café da manhã, almoço e jantar. Nesse mesmo valor pude usar um banheiro bem ecológico revestido com folhas de coqueiro. Para quem busca um pouco mais de conforto, por U$45,00 é a diária de uma cabana com telhado de palha, camas de madeiras com colchões e três refeições. Passar uma noite em San Blas é estar literalmente com o pé na areia, dormir em rede e tomar banho de canequinha. O banheiro da cabana na Ilha Diablo é de madeira e sem teto, já os banheiros da “Ilha Perro” são mais completos, chuveiro, pia e vaso sanitário. Tudo muito rústico, mas o suficiente para suprir as necessidades de um viajante aventureiro. Uma dica importante é tentar economizar o máximo possível de água, pois ela é bem escassa!

 Fotos: Giramundos.com

Vídeos: Giramundos.com

Há duas opções para dormir nas ilhas de San Blas: U$25,00 é valor da diária de uma barraca de camping com colchão inflável e mais três refeições, café da manhã, almoço e jantar. Nesse mesmo valor pude usar um banheiro bem ecológico revestido com folhas de coqueiro. Para quem busca um pouco mais de conforto, por U$45,00 é a diária de uma cabana com telhado de palha, camas de madeiras com colchões e três refeições. Passar uma noite em San Blas é estar literalmente com o pé na areia, dormir em rede e tomar banho de canequinha. O banheiro da cabana na Ilha Diablo é de madeira e sem teto, já os banheiros da “Ilha Perro” são mais completos, chuveiro, pia e vaso sanitário. Tudo muito rústico, mas o suficiente para suprir as necessidades de um viajante aventureiro. Uma dica importante é tentar economizar o máximo possível de água, pois ela é bem escassa!

 Fotos: Giramundos.com

Vídeos: Giramundos.com

SAN BLAS – ILHA DIABLO

Sunday, December 2nd, 2012

Caros leitores, não é exagero, mas estou com dificuldades de encontrar adjetivos suficientes para descrever a beleza do arquipélago de San Blas no Panamá.  Na chegada a “Ilha Diablo” fiquei extasiado e de boca aberta com as águas cristalinas, areia branca, coqueiros, sol e todos os tons de azuis que se possa imaginar. San Blas é aquele tipo de lugar que quando você descobre é melhor não contar para muita gente, talvez por medo que o turismo de massa descubra e acabe com tudo. San Blas deve ser incluído na lista dos lugares mais belos do planeta. A temperatura da água é tão agradável que chega a ser morna. Hospedar-se na Ilha Diablo é uma ótima escolha, pois ela está localizada a 50 metros em frente à “Ilha Perro”, ou seja, paga-se para dormir em uma ilha e acaba conhecendo outra mais paradisíaca ainda. Para cruzar de uma ilha a outra é possível ir nadando, fazendo snorkeling ou de canoa. A Ilha Diablo é uma das maiores…

do arquipélago, mas sua faixa de areia é bem estreita. Conversando com um dos integrantes da família que cuidou da minha hospedagem, ele me contou que San Blas conta com mais de 365 pequenas ilhas espalhadas por uma aérea de aproximadamente 3.300 Km², mas somente 36 delas estão habitadas e preservadas sobre o cuidado de um povo indígena chamado “Kuna Yala”. Como não há eletricidade na maioria das ilhas e o único ponto coletivo de luz é captado por uma pequena placa de energia solar, a dica é levar uma boa lanterna com baterias ou pilhas de reserva.  Além das três refeições inclusas, é recomendável levar algumas comidas extras: pães, bolachas, barras energéticas, frutas e água potável. Não se esqueçam de levar snorkel e nadadeiras, pois um dos motivos de visitar esse oásis da natureza é o privilegio de mergulhar em águas cristalinas. Aproveite as fotos e assistam ao vídeo que fiz chegando à Ilha Diablo!

Fotos: Giramundos.com

Vídeo: Giramundos.com