Arquivo postado em ‘ITALY’

COMPRANDO E COMENDO BEM EM FLORENÇA!

Friday, March 4th, 2011

A primeira coisa que você precisa saber desta matéria antes de viajar para Florença, é que a melhor maneira de conhecê-la é andando a pé. A cidade é encantadora e possui diversos pontos turísticos, um bem pertinho do outro. Além das famosas obras de arte, Florença é famosa por ser uma cidade para sair de compras, entendeu mulherada? Então, começaremos dando uma dica de um mercado chamado Mercato San Lorenzo, ele fica numa ruazinha bem colorida e barulhenta, uma experiência necessária para qualquer turista. Há de tudo à venda: antiguidades, artesanatos, artigos de prata e couro, roupas e até brechós. De março a outubro ele abre todos os dias, das 08h00 às 20h00 horas, porém nos meses de novembro, dezembro e janeiro o mercado fecha…

aos domingos e às segundas-feiras. Vai ser difícil resistir ao brilho das vitrines das joalherias da Ponte Vecchio, principal cartão postal da cidade. Existem nada menos que 18 lojas sobre a ponte vendendo jóias. Os estabelecimentos estão ali desde o século 16 e são conhecidos pelos produtos de prata e ouro. Para quem tem um orçamento um pouco menor, a dica é a loja chamada Mario Buccellati, localizada na Via della Vigna Nuova nº 71r, que desde 1919 produz jóias de qualidade. O bairro de Tornabuoni e a Via della Vigna Nuova se concentram as lojas mais elegantes de roupas, calçados e acessórios da cidade. Lá os turistas encontram…

grifes caras, como Gucci, Armani, Ferragamo e Mila Schön. As opções de compras em Florença não terminam apenas nessas dicas, é aconselhável guardar uma reserva para os charmosos antiquários originais da capital toscana. Eles podem ser encontrados ao redor da Via Maggio e em Borgo Allegri. Já as lojas de artesanatos nos bairros de Santo Spirito e San Frediano. Pessoal anote bem esse endereço, Piazza Pitti 16r e 23-24r. A loja mais legal que eu conheci, ela vende os tradicionais “mosaicos florentinos”, chamados Pietre Dure. Além de comprar alguns artigos, o turista conhece as técnicas seculares usadas para confeccionar os objetos, é bem interessante! Deu fome depois de tantas dicas de compras em Florença? Então anote algumas dicas de culinárias no final das fotos!

Foto: Blog Giramundos – (Estátua de Leonardo da Vinci)

Foto: Blog Giramundos – (Famosa Ponte Vecchio)

Foto: Blog Giramundos – (A Ponte Vecchio foi construída em 1345 e o rio que passa por de baixo dela se chama Rio Arno)

Foto: Blog Giramundos – (Olha a rua que cruza a Ponte Vecchio bombando de turistas)

Foto: Blog Giramundos – (Uma dica importante, não compre jamais esse Creppe Italiano aí da foto, além dele ser horrível e frio, é caro também! A nossa cara não é de contente não galera, estavamos rindo pelo fato de termos pago €16,00 euros pelo Crepe mais ruim de nossa vida)

Foto: Blog Giramundos – (Estátua do famoso pintor italiano Donatello)

DICA DE COMIDA EM FLORENÇA: A culinária é uma riqueza a parte em Florença. Aproveite os inúmeros restaurantes Self-Service que tem por lá, mas atenção, eles são cobrados por porções e não por peso. Você consegue comer muito bem por apenas €10,00 euros. As melhores sobremesas são os sorvetes italianos, os melhores do mundo! Uma bola custa cerca de €2,00 euros. Os principais pratos típicos da região são: Bucatini, uma pasta com molho de tomate fresco com panceta (carne de porco), ou uma “Pasta Alla Carbonara”, macarrão com molho branco feito com ovo, panceta e cebola. Tem também o tradicional Fiori di Zucca Fritti, uma flor de abóbora. Se você for comer tudo isso de pasta italiana que eu indiquei, então peça um bom vinho da região de Brunello para acompanhar!

DICA DE RESTAURANTE EM FLORENÇA: Quando você for passear em Florença, não se esqueça de passar na Via Ricasoli na hora do almoço. O caminho não é difícil, afinal esta é a rua onde está localizada a Galleria Accademia, e você provavelmente vai passar por ela se quiser ver de perto o Michelangelo original. Nessa rua existe um restaurante bem bacana chamado Oliandolo, que prepara comida estilo feita em casa, como: sopas, saladas, pasta, carnes entre outros. Existe o cardápio do dia, você escolhe entre as opções e rapidinho é servido, almoça uma comida razoável e continua fica satisfeito com o preço. Por exemplo, um prato de macarrão me custou na época cerca de €5,00 euros, uma garrafinha de água saiu por €0,50 euros e mais €1,00 euro de coperto, uma taxa tradicional para sentar-se na mesa.

 

LIVORNO NA ITÁLIA!

Wednesday, March 2nd, 2011

Livorno está situada na região toscana da Itália, e se tornou o principal ponto de partida para os turistas que querem explorar algumas das cidades mais bonitas do país, incluindo Florença e Pisa. Florença é célebre por ser o berço da Renascença mundial, entre os destaques, estão às impressionantes Piazzas e uma Silhueta do século XV incomparável, que certamente proporcionará uma experiência inesquecível para qualquer visitante. Já a história de Livorno é facil de identificar através da arquitetura da cidade. Um dos lugares mais bonito que eu visitei foi o bairro de Venezia, que lembra bastante os canais de Veneza. Todos os anos Livorno recebe milhares de turistas para prestigiarem o principal evento da cidade, a regata…

Troféu da Vela Accademia Navale. A competição é importante, que chega receber cerca de 600 embarcações. Há eventos de vela durante todo o calendário, mas são nos meses de Junho e Julho que acontece as principais competições. Como é o clima em Livorno? No verão a temperatura é amena, chegando a uma média de 24 ºC, quente o suficiente para relaxar na praia e desfrutar de um mergulho refrescante. Uma dica de comida é a tradicional sopa de livorno chamada Cacciuco, uma mistura de sopas de peixes com frutos do mar. Pessoa já estava me esquecendo, para quem trabalha em cruzeiros e visita a cidade toda semana, 10 minutos saindo do porto até o centro de Livorno, há uma feirinha estilo camelô que vende vários tipos de pratas indianas e indonesianas de boa qualidade. Os preços são ótimos!

Foto: Blog Giramundos – (Centro da cidade de Livorno)

Foto: Blog Giramundos – (O Bairro Venezia é bem parecido com os canais de Veneza)

Foto: Blog Giramundos – (Bem próximo ao Bairro de Venezia, é possível avistar uma das muralhas de Livorno)

 

CITTA DE CATANIA NA ITÁLIA

Thursday, February 17th, 2011

Catania é a segunda cidade da Sicília em população, em atividades econômicas e culturais, além disso, Catania também já foi grega, romana, bizantina, árabe, normanda, sueca, mas o aspecto que mais a caracteriza atualmente é de uma cidade barroca. Pátria de artistas famosos internacionalmente, esta cidade já viu passar pela via Etnea Giovanni Verga, Vitaliano Brancati e Giovanni Bellini. Embora Catania não seja turística e nem atrativa como Roma, Veneza, Florença e Pisa, a cidade recebe semanalmente vários navios de cruzeiros. Os milhares de turistas que chegam nesses navios querem visitar um ponto turístico que fica…

um pouco distante da cidade. Para quem não sabe, a partir de Catania é possível visitar um dos lugares mais exóticos do continente, o Vulcão Etna, o mais alto da Europa e um dos mais altos do mundo, atingindo aproximadamente 3.440 metros de altura. As agências de viagens incluem no pacote da visita ao vulcão passeios ao “Rifugio Sapienza” e as crateras de “Silvestri”, uma espécie de abrigo, no qual parte dele já foi coberto pela erupção que ocorreu em Julho de 2001. Uma dica importante: Eu não aconselho esse passeio para as pessoas que tenham dificuldades de mobilidade. Outra dica é usar uma jaqueta com capuz e calçados confortáveis para aqueles que desejam subir até as crateras do vulcão.

COMO CHEGAR AO VULCÃO ETNA?
Hospede-se em Taormina, uma agradável cidade vizinha de Catania. De lá alugue um carro com GPS ou com os motoristas particulares. Vá até a pequena província de Nicolosi, seguindo sempre as placas que indicam “Etna Sud“. No caminho observe as larvas secas do vulcão no chão, que marcam todo o trajeto e criam uma expectativa incrível antes de você chegar nele. Você chegará ao “pé” do Etna, mais precisamente no lado sul dele, de onde sai a Funivia, um teleférico que te leva ao topo do Vulcão. Uma dica legal é na hora de comprar os bilhetes, não compre apenas o trajeto da Funivia, compre também o pacote de bilhetes completo, que embora seja um pouco mais caro €50,00 euros por pessoa, lhe dá direito de pegar o teleférico e mais um ônibus que te levará ainda mais alto e próximo da boca do vulcão, além de incluir um passeio com um guia que explica direitinho sobre a história do Vulcão Etna. Boa sorte pessoal!

Foto: Blog Giramundos – (Um dos pontos turísticos da cidade de Catania que vale a pena conhecer é o “Catania Duomo“)

Foto: Blog Giramundos – (Centro da cidade de Catania)

Foto: Blog Giramundos – (Caminhando pelas ruas de Catania, eu tive a sorte de achar uma nota de €10 euros no chão)

Foto: Blog Giramundos – (Os €10 euros me renderam um happy hour acompanhado de cerveja italiana “Birra Moretti” e pizza)

Foto: Blog Giramundos – (Os ônibus levando os turistas próximo da cratera do Vulcão Etna)

Foto: Blog Giramundos – (Os Funivia – teleféricos e os ônibus levando os turistas ao topo do vulcão)

Fotos: Blog Giramundos – (Vulcão Etna chega atingir aproximadamente 3.440 metros de altura)

 

COLISEU DE ROMA, UMA MARAVILHA ITALIANA!

Friday, February 4th, 2011

O Coliseu também é conhecido como Anfiteatro Flaviano, isso por causa de seu nome original “Colosseum” uma expressão que vem do latim. Localizado no centro de Roma, o Coliseu é uma exceção entre os anfiteatros pelo seu volume e relevo arquitetônico. Originalmente ele era capaz de abrigar cerca de 50.000 pessoas, e com aproximadamente 50 metros de altura, ele era usado para vários espetáculos. As arenas eram uma das principais fontes de diversão, mais do que isto, representavam a alma romana, o espírito de superioridade sobre os demais povos, as grandes batalhas, a habilidade e a bravura dos guerreiros que expandiam o império representado naquelas lutas. Ouvindo um dos guias explicando sobre as batalhas, descobri que o sangue dos homens e das feras derramado no Coliseu era uma tarefa essencial dos imperadores romanos. Os jogos mantinham a população entretida, coesa e…

satisfeita com o Império. É impressionante que mesmo com tudo o que se passou na cidade, as guerras, tempos de escassez e catástrofes naturais, o Coliseu tenha chegado aos nossos dias atuais para contar um pouco do passado Romano. O Coliseu demorou entre 8 a 10 anos para ser construído e foi utilizado durante aproximadamente 500 anos. O edifício deixou de ser usado para entretenimento no começo da era medieval, mas foi mais tarde usado como habitação, oficina, forte, pedreira e sede de ordens religiosas e templo cristão. Embora esteja agora em ruínas devido a terremotos e pilhagens, o Coliseu sempre foi visto como símbolo do Império Romano. Atualmente é uma das maiores atrações turísticas da Itália. Em 7 de julho de 2007 o Coliseu foi eleito umas das “Sete maravilhas do mundo moderno”. Eu poderia ficar escrevendo horas e horas sobre as histórias do Coliseu, mas agora vou interromper um pouco para deixar algumas dicas legais para vocês! Vejam mais abaixo.

Foto: Blog Giramundos – (Dica: Se vocês quiserem tirar uma foto como essa, tomem cuidado com o valor, pois esses caras aí chamam os turistas para tirarem uma foto e não avisam nada sobre valores. Depois eles dizem assim: Senhor, a foto custa € 15,00 euros, o equivalente a R$37,00 reais. Caro em!)

Foto: Blog Giramundos – (A maioria dos turistas ficam tentando enquadrar o Coliseu inteiro em uma foto, porém isso é um tarefa difícil! Esse lugar é estratégico, fica um pouco afastado da porta de entrada)

Fotos: Blog Giramundos

DICAS SOBRE O COLISEU:

Primeira dica, quando você entrar no Coliseu, não deixe de visitar as janelas viradas para os fóruns e o Palatino, elas são maravilhosas! Não tenha pressa em conhecê-lo, vale à pena curtir com mais calma e conseguir bons ângulos para fotografias, que são ocupadas quase que o tempo todo pelos milhares de turistas. A segunda dica é ótima. Tente pagar por um dos tours guiados oferecidos na fila da compra de seu futuro ingresso. Além de economizar mais de 1 hora e meia de fila, os guias são bem informados e conta muita coisa interessante sobre o lugar, você não vai se arrepender. A terceira dica parece besteira, mas para quem vai com orçamento apertado faz diferença. O verão italiano em Roma chega a fazer uns 38ºC bem abafado, uma garrafinha de água em frente ao Coliseu custa em média €3,00 euros, equivalente a R$7,20. Dando a volta no Coliseu você consegue achar num mercadinho a mesma garrafinha por apenas €0.80 euros. Se somar quantas águas você vai tomar enquanto conhece o Coliseu, e multiplicar pela família inteira, dá um montão de dinheiro. O ingresso é válido para o Coliseu e para o Paladino. Visite esse site www.pierreci.it para se informar sobre preço e horário de funcionamento. É possível comprar o ingresso para entrar ao Coliseu pela internet nesse mesmo endereço.

 

Vídeo: Blog Giramundos – (Vejam a emoção que eu fiquei quando eu estava chegando pela primera vez ao Coliseu em Roma na Itália)

 

Vídeo: Blog Giramundos – (Marcos Garcia entrando dentro das ruínas do Coliseu)

Vídeo: Blog Giramundos – (Marcos Garcia explicando sobre as hitórias do Coliseu)

Vídeos: Blog Giramundos

 

MESSINA: O MELHOR SORVETE DO MUNDO!

Wednesday, January 19th, 2011

Messina é uma cidade italiana que eu tive a oportunidade de conhecer diversas vezes, pois um dos cruzeiros em que eu trabalhava, atracava na cidade quase toda semana. Messina está localizada na Ilha de Sicília no estreito que leva seu nome, Estreito de Messina. A cidade tem cerca de 240 mil habitantes e é a 3º maior cidade da Ilha e a 13º cidade italiana em população. Seu porto que faz a travessia de turistas para o continente é o 1º na Itália em número de passageiros em trânsito, e o 6º em tráfego de cruzeiros internacionais. O setor do turismo cresceu muito nos últimos anos com a presença dos passageiros de cruzeiros, e por causa desse grande fluxo de navios a cidade tem se mantido entre as mais visitadas da Ilha de Sicília, perdendo apenas para Taormina, Milazzo e as Ilhas Eólicas localizadas no sul da Itália. Foi em uma de minhas paradas com o cruzeiro que eu pude conhecer…

e me deliciar em um dos lugares mais visitados pelos turistas. Trata-se de uma sorveteria bem conhecida pelos moradores da cidade, que a julgam a melhor do mundo. A Gelateria Perigolosi oferece realmente sorvetes maravilhosos, dos melhores que eu já experimentei mundo afora. E, além do mais, um sorvete extremamente barato. Por apenas €2,00 Euros você experimenta 2 bolas bem grande de qualquer sabor, ou €4,50 por 4 bolas. Nada a ver, por exemplo, com as sorveterias que eu encontro por ai me cobrando por uma “bolinha pequena” um absurdo de preço, e ainda sem sabor! Assim, se forem visitar Messina na Itália, não deixem de provar os deliciosos Gelatos Italianos, vocês não vão se arrepender, pois eles possuem um sabor único que nenhum outro lugar do mundo consegue copiar.

Fotos: Blog Giramundos – (Eu e a simpática atendente italiana da sorveteria)

Fotos: Blog Giramundos – (Sempre que eu parava em Messina e descia do Navio para passear, antes de fazer qualquer outra coisa eu comprava umas bolas de sorvete italiano. Muito Bom!)

Fotos: Blog Giramundos – (Em qualquer cidade da Itália é normal encontrar o carro “Mini”, ele é tão pequeno que dá quase para abraçá-lo. Risos!) 

Fotos: Blog Giramundos – (Essa placa serve para informar o horário que os passageiros e os tripulantes devem retornar ao navio, também mostra em qual cidade o navio está atracado e qual seria o próximo porto)

Fotos: Blog Giramundos – (Um dos meios de transportes mais antigos e mais utilizados pelos italianos é a tradicional Vespa Scooter. Em qualquer parte da Itália é possível encontrar centenas dessas motinhas circulando pelas ruas)

 

CONHEÇA VENEZA VOCÊ TAMBÉM!

Sunday, December 12th, 2010

Veneza está entre as cidades mais visitadas do mundo, por isso se tornou um destino obrigatório para quem viaja para a Itália. A cidade é uma das mais exóticas e interessantes das quais eu já visitei. Considerando que em Veneza não há ruas e carros, as únicas opções para se locomover é a pé, ou através dos canais por meio das gôndolas, barcos ou ônibus aquáticos. Caminhar pelas…

Fotos: Blog Giramundos – (Bem Vindos a Veneza!)

vielas da cidade é uma delícia, uma das dicas é pular bem cedo da cama, antes mesmo da cidade ser invadida por milhares de turistas que chegam de todas as partes do mundo. Conforme as horas vão passando, o número de casais, famílias, mochileiros e grupos de excursão vão aumentando. Todos os anos, cerca de 12 milhões de pessoas visitam a cidade. Um lugar tão turístico como esse, não podia deixar de ser equipado com seus ótimos hotéis e sua rica gastronomia. Se você decidir ir para Veneza, prepare seu bolso e guarde um bom dinheiro, pois de acordo com um site italiano de viagens Trivago, a cidade é uma das mais caras da Europa. Mais uma razão para você conhecer Veneza, é pelo clima romântico que a cidade possui, ela é o destino ideal para os casais que buscam a tão sonhada Lua de Mel. Um dado curioso, é que em Veneza há cera de 400 pontes espalhas pela cidade, uma das mais antigas se chamada “Rialto” foi construída em 1.588 e até hoje existe. Enfim, Veneza é um lugar para ser visitado a qualquer época do ano, faça chuva ou faça sol, a cidade das gôndolas sempre será um dos destinos mais cobiçados do mundo!

Fotos: Blog Giramundos – (Uma das únicas maneiras de locomover-se em Veneza é utilizando as Gôndolas)

Fotos: Blog Giramundos – (A Piazza San Marco é o coração de Veneza)

Fotos: Blog Giramundos – (Marcos Garcia na Piazza San Marco)

Fotos: Google – (Os navios de cruzeiros chegam todos os dias trazendo milhares de turistas)

Fotos: Blog Giramundos – (Almoçando em Veneza!)

Fotos: Google – (Até no Shopping Hotel Cassino Venetian as gôndolas passam cruzando os canais)

Fotos: Blog Giramundos – (Uma das pontes mais antigas de Veneza, a “Rialto” foi construída em 1.588 e até hoje é utilizada)

Fotos: Blog Giramundos – (Uma coisa muito interessante é que as águas dos canais não sobem nas calçadas da cidade)

Fotos: Blog Giramundos – (Canal Grande)

Fotos: Blog Giramundos – (Leão de San Marco)

Fotos: Blog Giramundos – (Em frente a um estacionamento de lanchas, gôndolas, e barcos)

Fotos: Google – (Estacionamento)

Foto: Blog Giramundos – (As lanchas e os barcos ficam estacionados em frente das casas como se fossem carros parados numa rua)

Vídeo: Blog Giramundos – (Marcos Garcia explicando sobre os canais de Veneza)

POR QUE A TORRE DE PISA É TORTA?

Tuesday, December 7th, 2010

Você teria coragem de subir numa torre que está arriscada a cair? Eu sim, pois quando eu visitei a Torre de Pisa, soube que os riscos de desabamento já não existiam mais. Um fato curioso, é que quando eu estive por lá, vi muitos turistas comprando ingressos que levam até o topo da Torre, porém muitos desistiam de subir com medo dela cair. Atualmente a Torre está aberta para visitação, e recebe milhares de turistas todas as semanas. Esse monumento se tornou tão conhecido no mundo, que já esteve até na relação das Setes Maravilhas do Mundo Antigo. Não foi atoa que um dos principais cartões postais da Itália, se tornou um dos lugares mais requistados pelo turismo mundial. Em 1.990 engenheiros…

Fotos: Blog Giramundos – (Um dia a Torre de Pisa já esteve em minhas mãos, Risos)

do mundo inteiro fizeram uma rigorosa avaliação dentro e fora da construção, e constataram que a Torre mais famosa do mundo corria sério risco de cair. Por conta disso, a torre teve que ser fechada para visitação, causando assim um enorme prejuízo na economia turística da cidade de Pisa. Na época muitos se perguntavam; Será que algum dia essa torre vai cair? Depois de 10 anos, a famosa torre reabriu suas portas para o mundo novamente. Fiquei muito feliz com a notícia, pois tive o privilégio de ficar pertinho de um dos monumentos mais belos do mundo. No Brasil há um caso muito parecido com o da Torre de Pisa, porém os edifícios não se tornaram maravilhas do mundo, uma pena! Na cidade de Santos, litoral norte de São Paulo, bem pertinho da praia, encontram-se dois edifícios que sofrem o mesmo problema. A inclinação dos prédios começou a chamar tanta a atenção, que os próprios moradores do local apelidaram o caso como, os “Beijoqueiros”.

Fotos: Blog Giramundos – (Ao fundo na foto a Catedral de Pisa)

Fotos: Blog Giramundos – (Segura ai Marcos se não a Torre vai cair!!!)

Fotos: Blog Giramundos – (Marcos Garcia comprando algumas miniaturas da Torre de Pisa como lembrança!)

POR QUE A TORRE É INCLINADA?

Simplesmente porque foi construída sobre um terreno de argila e areia que cedeu alguns anos depois. Com a movimentação do solo, um dos lados da torre afundou no terreno argiloso, inclinando um lado da torre mais que o outro. Talvez esse seja o mesmo motivo pelo qual os famosos prédios de Santos, os “Beijoqueiros” também inclinarão perto da orla da praia.

Foto: Google – (A foto mostra uma das possíveis soluções para diminur a inclinação da Torre de Pisa. A figura tenta explicar o lugar e a quantidade de terra que seria extraída de um dos lados da torre)

HISTÓRIA DA TORRE DE PISA

A Torre de Pisa começou a ser construída em 1.174 e foi projetada para abrigar o sino da catedral da cidade. A estrutura começou a inclinar quando três dos oito andares já estavam prontos. A obra foi finalizada em 1.350. Um investimento de US$27 milhões foi gastado para diminuir a inclinação da Torre de Pisa, porém não produziu muito efeito. Desde 1.990, início da última restauração, quando o desvio assustou o mundo todo atingindo 4 metros, pois foram reduzidos apenas 14 centímetros, o suficiente para salvar o monumento da destruição, mas não de uma nova interdição.
Fonte: História Net

OS “BEIJOQUEIROS”

Foto: Google – (Os famosos prédios da cidade de Santos-SP, os “Beijoqueiros”)

Foto: Google – (Os famosos prédios da cidade de Santos-SP que também ficaram inclinados)

Vídeo: Blog Giramundos – (Marcos Garcia apresentando a Torre de Pisa)