Arquivo postado em ‘FRANCE’

UM DIA EM MARSELHA!

Friday, August 17th, 2012

Uma cidade da França que vale muito a pena visitar é Marselha. Localizada na costa do Mediterrâneo, Marselha é a segunda maior e mais antiga cidade francesa. Marselha oferece uma diversidade muito grande de atividades culturais e de lazer, além de ser considerada a cidade da arte, da história e gastronomia. Quer uma sugestão? Divida seu dia em dois períodos, pela manhã faça um passeio mais cultural. Comece pelo Museu de História Natural, onde poderá conhecer o habitat natural de vários animais e ainda fazer atividades pedagógicas. Conheça também o “Palácio Longchamp”, onde se encontra o Museu de Belas Artes. Para quem é fã de obras de artes, nesse museu há obras, pinturas e esculturas criadas no século XVI provenientes de escolas francesas e italianas. Um dos lugares mais bonitos e harmoniosos é o porto da cidade, uma área movimentada, com pescadores, belos Yacths e barcos turísticos. Chegou a hora de comer algo. Uma comida…

deliciosa e saudável é a “Bouillabaisse”, um prato a base de frutos do mar, temperos e legumes. Um vinho branco acompanha muito bem! Depois do almoço aventure-se numa pequena viagem de barco pela costa, e visite o monumento católico mais famoso, a Basílica de “Notre Dame de la Garde”. O local serviu de cenário para a gravação do filme “O Conde de Monte Cristo”. A primeira foto do post aparece essa basílica em minhas mãos. Aproveite o fim de tarde para caminhar e descansar na praia, curtindo as belezas de um mar cristalino do Mediterrâneo. Se quiserem seguir comendo peixe, que não é uma má escolha, então a recomendação é jantar em um dos melhores restaurantes da cidade, o Le Petit Nice Passédat. Nesse lugar eles servem um bom peixe fresco, preparado de varias maneiras e sabores. A carta de vinho dispensa comentários. Só tomem cuidado com os preços, qualquer refeição na França é caríssima. Boa viagem e bom apetite!

Fotos: Giramundos.com

 

TOPLESS NA FRANÇA É NORMAL?

Friday, June 8th, 2012

Sim, o “topless” na França é normal e faz parte da cultura dos franceses. Desde os anos 60, tirar a parte de cima do biquíni foi levado como comportamento provocativo e glamouroso. As francesas se acostumaram a tomar banho de sol com os seios de fora não só por uma questão de estética, mas também para impor uma atitude feminista naquela época. Um dos slogans que marcaram os anos 60 por causa do Topless foi: mon corps si je veux quand je veux= meu corpo, se eu quero, quando eu quero. Uma das praias que mais se via o topless era Saint Tropez. Depois a moda pegou em todo país e as praias mais baladas aderiu o estilo. Lendo algumas reportagens parisienses, descobri que atualmente metade das mulheres francesas se sente tímidas com a nudez em público. Já a outra metade ainda vê o topless como uma atitude mais que normal. Passeando pelas praias de Toulon no Sul da França, conheci três francesas que estavam praticando o topless, sem…

perder tempo, perguntei a elas se podiam colaborar com uma reportagem para o blog. Tranquilamente duas delas toparam. A primeira pergunta que fiz a elas foi: Como vocês encaram o topless em uma praia pública como essa? “Com naturalidade, pois para nós francesas isso é normal”. Depois perguntei se elas teriam coragem de usar os minúsculos biquínis das brasileiras. “Não, prefiro fazer topless ao invés de caminhar pela praia com esses micros biquínis”. Quer uma dica para você não cometer uma “gafe” quando for a uma praia na França? Não fique espantado se você ver as mulheres com os seios de fora. Respeite a cultura deles e não faça gestos que possam causar constrangimento. Cuidado com as fotografias para não incomodar, lembre-se de que nem todo mundo gosta de ser fotografado. O que significa Topless? Literalmente sem a parte de cima, designado na qual a mulher fica com os seios à mostra e não está vestindo nada da cintura para cima.

Fotos: Giramundos.com

Sim, o “topless” na França é normal e faz parte da cultura dos franceses. Desde os anos 60, tirar a parte de cima do biquíni foi levado como comportamento provocativo e glamouroso. As francesas se acostumaram a tomar banho de sol com os seios de fora não só por uma questão de estética, mas também para impor uma atitude feminista naquela época. Um dos slogans que marcaram os anos 60 por causa do Topless foi: mon corps si je veux quand je veux= meu corpo, se eu quero, quando eu quero. Uma das praias que mais se via o topless era Saint Tropez. Depois a moda pegou em todo país e as praias mais baladas aderiu o estilo. Lendo algumas reportagens parisienses, descobri que atualmente metade das mulheres francesas se sente tímidas com a nudez em público. Já a outra metade ainda vê o topless como uma atitude mais que normal. Passeando pelas praias de Toulon no Sul da França, conheci três francesas que estavam praticando o topless, sem…

perder tempo, perguntei a elas se podiam colaborar com uma reportagem para o blog. Tranquilamente duas delas toparam. A primeira pergunta que fiz a elas foi: Como vocês encaram o topless em uma praia pública como essa? “Com naturalidade, pois para nós francesas isso é normal”. Depois perguntei se elas teriam coragem de usar os minúsculos biquínis das brasileiras. “Não, prefiro fazer topless ao invés de caminhar pela praia com esses micros biquínis”. Quer uma dica para você não cometer uma “gafe” quando for a uma praia na França? Não fique espantado se você ver as mulheres com os seios de fora. Respeite a cultura deles e não faça gestos que possam causar constrangimento. Cuidado com as fotografias para não incomodar, lembre-se de que nem todo mundo gosta de ser fotografado. O que significa Topless? Literalmente sem a parte de cima, designado na qual a mulher fica com os seios à mostra e não está vestindo nada da cintura para cima.

Fotos: Giramundos.com

Sim, o “topless” na França é normal e faz parte da cultura dos franceses. Desde os anos 60, tirar a parte de cima do biquíni foi levado como comportamento provocativo e glamouroso. As francesas se acostumaram a tomar banho de sol com os seios de fora não só por uma questão de estética, mas também para impor uma atitude feminista naquela época. Um dos slogans que marcaram os anos 60 por causa do Topless foi: mon corps si je veux quand je veux= meu corpo, se eu quero, quando eu quero. Uma das praias que mais se via o topless era Saint Tropez. Depois a moda pegou em todo país e as praias mais baladas aderiu o estilo. Lendo algumas reportagens parisienses, descobri que atualmente metade das mulheres francesas se sente tímidas com a nudez em público. Já a outra metade ainda vê o topless como uma atitude mais que normal. Passeando pelas praias de Toulon no Sul da França, conheci três francesas que estavam praticando o topless, sem…

perder tempo, perguntei a elas se podiam colaborar com uma reportagem para o blog. Tranquilamente duas delas toparam. A primeira pergunta que fiz a elas foi: Como vocês encaram o topless em uma praia pública como essa? “Com naturalidade, pois para nós francesas isso é normal”. Depois perguntei se elas teriam coragem de usar os minúsculos biquínis das brasileiras. “Não, prefiro fazer topless ao invés de caminhar pela praia com esses micros biquínis”. Quer uma dica para você não cometer uma “gafe” quando for a uma praia na França? Não fique espantado se você ver as mulheres com os seios de fora. Respeite a cultura deles e não faça gestos que possam causar constrangimento. Cuidado com as fotografias para não incomodar, lembre-se de que nem todo mundo gosta de ser fotografado. O que significa Topless? Literalmente sem a parte de cima, designado na qual a mulher fica com os seios à mostra e não está vestindo nada da cintura para cima.

Fotos: Giramundos.com

VILLEFRANCHE, A BAÍA MAIS CARA DA FRANÇA!

Monday, March 21st, 2011

A exótica e paradisíaca baía de Villefranche está localizada em Cote d’Azur na França a beira do Mar Mediterrâneo. Atualmente Villefranche é um dos destinos turísticos mais concorridos da Europa. O porto da cidade recebe constantemente a visita dos transatlânticos que trazem milhares de turistas para abastecerem os requintados restaurantes e as diversas lojinhas que cidade possui. A principal atividade econômica da região é o turismo internacional, tanto no inverno como no verão. Por causa do clima agradável, o lugar se tornou o destino preferido dos franceses aposentados. Devido o alto poder aquisitivo dos freqüentadores de Villefranche, os serviços oferecidos são especializados e de alta qualidade, principalmente nos setores da hotelaria, restaurante, financeiro, imobiliário e moda. A estação ferroviária da cidade fica no alto de uma colina, de onde é possível ter uma visão exuberante do lugar.

Villefranche possui uma localização privilegiada, por conta disso eu gostaria de passar uma dica bem legal para vocês: Saindo de Villefranche é possível tomar um trem por aproximadamente €10,00 euros e viajar cerca de 30 minutos até chegar a Mônaco para visitar Monte Carlo, uma das cidades mais glamorosas e caras do mundo. Há também outras cidades turísticas que ficam próximas de Villefranche, e que qualquer pessoa pode ir visitar-las, como: Nice e Cannes. Todas as semanas o navio de cruzeiro que eu trabalhava atracava no porto da cidade, durante uma de minhas estadias eu tive a oportunidade de ver a cantora Madonna dirigindo e gravando as cenas de um filme americano. A presença da loira deixou todos alvoroçados, moradores, turistas e tripulantes ficavam tentando conseguir um espaço no meio da multidão para tirar uma foto da cantora. Eu não consegui descobrir qual era o filme, muito menos tirar uma foto com ela, pois o número de seguranças em volta da Pop star era maior que a tripulação do navio. Risos!

Foto: Blog Giramundos – (No pequeno de centro de Ville Franche há várias vielas cheias de bares legais e restaurantes charmosos para os visitantes desfrutarem)

Foto: Blog Giramundos – (A principal praia de Ville Franche sempre está lotada de banhistas)

Foto: Blog Giramundos – (Da principal praia de Ville Franche era possível avistar o navio de cruzeiro que eu trabalhava ancorado no mar)