Arquivo postado em ‘cruise ship Job’

MEDICAL ANALYSIS FOR CRUISE SHIPS IN RIO DE JANEIRO: PASTORE MEDICAL CENTER

Monday, October 7th, 2013

The same way I spoke about the Sample Med Medical Center in São Paulo, now is the time to give a great hints for the crew that lives in Rio de Janeiro and need to take medical examinations to embark on cruise ships. Located in the center of the Marvelous City at the end of Ouvidor Street and near the “Street Market Uruguaiana”, the Pastore Medical Center was where I have chosen to take the exams of my next embark. The agency recruiter gave me a list of several tests. As I don’t have health insurance I checked the price of the exams in four private medical centers. The price of Pastore was the cheapest one and the service provided by the staffs, secretaries, nurses and doctors were so good! Just to compare, the total price of the analysis from others medical centers would be USD330,00 and in Pastore Medical was for USD230,00. I saved USD100,00! In the end of the post I put the list of the prices.

Foto: Marcos Garcia

Photo: Giramundostravel.com – (In front of Medical Center Pastore)

Foto: Marcos Garcia

Foto: Marcos Garcia
Foto: Marcos Garcia

Photo: Giramundostravel.com – (The Doctor Mariana Waik)

(more…)

INSCREVA-SE: FERNANDO DE NORONHA RECEBERÁ NAVIOS NA PRÓXIMA TEMPORADA

Monday, June 24th, 2013

Conhecer pessoas de vários lugares do mundo, ganhar em dólares, falar outros idiomas e ainda viajar por um dos lugares mais belos do planeta. A companhia Louis Cruises enviará para a próxima temporada no Brasil um navio de passageiros que fará a rota do arquipélago Fernando de Noronha. De acordo com a empresa, o navio sairá de João Pessoa, Fortaleza, Natal e Recife. Trabalhar no nordeste brasileiro é o sonho de muita gente, mas que poucos conseguirão realizar. Se você tem interesse num trabalho temporário como esse, anote os pré-requisitos: ser maior de 18 anos, falar inglês e ter experiência na função desejada. A Brazilian Cruises Representation indicou a empresa Seaman Náutica do Recife para recrutar os candidatos. Os interessados devem enviar currículo para curriculo@seaman.com.br Outras informações, ligar para: 55 (81) 3221-3719 ou 55 (81) 3074-9324.

Foto: Marcos Garcia

Foto: Giramundos.com

BRASIL RECEBERÁ APENAS 12 NAVIOS DE CRUZEIROS PARA PRÓXIMA TEMPORADA!

Friday, June 21st, 2013

Para a próxima temporada de cruzeiros marítimos 2013/2014, a projeção é que o Brasil receba um número menor de navios em relação à temporada passada. O país recebeu 15 transatlânticos na temporada 2012/2013 e o previsto para este ano são 12 apenas. Os números estão caindo a cada ano. De acordo com o site da Abremar-Brasil (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos), na temporada 2010/2011 foram 20 navios e 2011/2012 17. Um dos principais motivos para redução do movimento são os altos custos para os navios atracarem e a infraestrutura precária encontrada nos portos e terminais de passageiros. Eu não consigo acreditar como a Europa, com seu litoral limitado e suas águas geladas consegue receber mais de 60 navios por ano. Já o Brasil, possui cerca de 7.500 km de litoral, praias paradisíacas…

Foto: Marcos Garcia

de águas mornas, um clima tropical o ano todo e um povo hospitaleiro, ou seja, tudo ideal para ser um potência no turismo marítimo mundial. Quantos milhões de reais o Brasil não deixou de ganhar todos esses anos com turismo em geral? Quantos empregos diretos o Brasil não deixou de oferecer aos cidadãos? Por que não investir nos portos brasileiros? Nos terminais de passageiros? Essas perguntas não têm como eu responder, mas se vocês leitores abrirem as primeiras páginas dos jornais, conseguirão achar a maioria das respostas… Os navios que navegarão pela costa brasileira em 2013/2014 serão: MSC Magnifica, MSC Orchestra, MSC Poesia, MSC Preziosa, Costa Fascinosa, Costa Favolosa, Pullmantur Empress, Pullmantur Sovereign, Pullmantur Zenith, Grand Celebration, Grand Mistral e Splendour of the Seas.

Foto: Marcos Garcia

Fotos: Giramundos.com

DÚVIDAS DOS TRIPULANTES DE NAVIOS DE CRUZEIRO…

Wednesday, February 20th, 2013

Boa noite queridos leitores! Estava agora mesmo checando meus e-mails, um deles era de uma leitora que está querendo trabalhar a bordo de navios de cruzeiro. Achei muito interessante as perguntas que ela me fez, por isso, resolvi com sua autorização publicar o e-mail completo aqui no blog. Todas as respostas que escrevi estão em negrito. Tenho certeza que este post ajudará muitos tripulantes a embarcarem sem dúvidas.

Foto: Marcos Garcia

E-MAIL DA LEITORA:

Boa noite!

Sou amante de turismo, adoro viajar e conhecer outras culturas e idiomas. Tenho 20 anos e buscava um trabalho em que pudesse alimentar essa paixão. Andei buscando opções de trabalho onde se é possível viajar e me despertou o interesse pelo duro e maravilhoso oficio de tripulante. Nessa minha frenética pesquisa a respeito, achei seu blog e me pareceu muito interessante! Possui muitas informações claras para iniciantes, além de divertidas experiências. Notei também que se “aposentou” do trabalho de camareiro e que tem mantido o blog, desviando o tema mais para turismo em geral e futebol (como todo bom brasileiro haha)

Apesar das minhas pesquisas, ainda tenho algumas dúvidas que não consegui respondê-las. Sei que tem vasta experiência nesse tema e apesar de ter se “aposentado”, gostaria que me ajudasse. São muitas as dúvidas e inseguranças de alguém que está começando na área. Talvez minhas perguntas sejam muitas e não gostaria de te tomar tanto tempo e energia. Mas as que forem possível responder, estaria grata.

1. Colegas de trabalho e relacionamento:

– Se o meu colega de cabine estiver descumprindo as regras, como por exemplo, armazenando alimentos não perecíveis, apesar de eu não ter culpa, posso sofrer consequências? Também me responsabilizam por isso?

R: Você pode tentar conversar com seu companheiro de cabine, mas se ele não demonstrar coleguismo, avisa que você o reportará para o chefe do RH. Isso pode lhe trazer complicações futuras entre os colegas de trabalho? Talvez sim, talvez não… Mas é como sempre digo aos meus leitores: é melhor mostrar as garras e ser respeitado, do que dizer amém para tudo e ter que engolir desaforos todos os dias. Tente sempre resolver as coisas amigavelmente. Todos os tripulantes guardam comidas não perecíveis na cabine, até você irá guardar. Três dias antes das inspeções é preciso jogar tudo fora.

– Caso meu colega de cabine não respeite as leis e isso venha a me prejudicar, posso trocar de companheiro?

R: Você até pode trocar de cabine, mas os seus superiores vão querer ouvir de você um bom motivo para fazer essa troca. Como não há muitas cabines disponíveis, eles colocarão você com qualquer menina que esteja morando sozinha, de preferência do mesmo departamento. Já lhe adianto que o seu colega de cabine pode se tornar durante o contrato o seu pior inimigo, e querendo ou não, você terá que dividir a cabine com ele durante 8 meses.

– O companheiro de cabine necessariamente é do mesmo sexo que você?

R: Sim, além de ser do mesmo sexo, há setores com cabines só de mulheres e setores só de homens.

– Quais dicas você me dá para ter um melhor relacionamento com os outros tripulantes? Principalmente com pessoas falsas.

R: Sempre tentei ser amigo de todos, mas nem sempre você consegue agradar gregos e troianos. Quando percebia que eu não era bem vindo por alguns colegas de trabalho, deixava bem claro: “Vim a bordo para trabalhar e ganhar dinheiro, não para ficar sorrindo para vocês 24 horas por dia, me respeitem e terão o meu respeito também” Se você for muito boa, eles acabam pisando em você…

– Posso manter amizade com passageiros? Como troca de e-mails, Skype…

R: Sim, sem problemas!

– O relacionamento entre tripulante/passageiro ou tripulante/tripulante é permitido?

R: Relacionamento com passageiro é motivo de demissão por justa causa. Se pegarem você dentro de alguma cabine com qualquer passageiro é demissão na hora. Agora se fizer algo escondido, isso já é problema seu… Relacionamentos entre os tripulantes é permitido sim! Um exemplo, você pode dormir na cabine do seu namorado todos os dias se quiser.

– Como funciona o companheirismo? Exemplo quando aprendeu a fazer as dobraduras, a ajuda mútua é comum?

R: Não há muito companheirismo a bordo. Na verdade, isso não existe dentro dos navios, as pessoas não se ajudam de jeito nenhum. Para aprender a fazer todas as dobraduras de toalhas tive que pagar camareiros indianos e filipinos me ensinar.

– Quais são as melhores nacionalidades para se lidar? Quais suas características?

R: Isso é muito relativo, quer um exemplo: posso lhe dizer que os romenos são as piores cobras do navio, e depois de dois meses embarcada, você pode me dizer que sua “Cabin Mate” romena é a sua melhor amiga. Quer uma dica? Seu melhor amigo a bordo será sua cama, você vai precisar muito dela para descansar hehe.

– É possível trocar de turno no trabalho? Ou ajudar o amigo da mesma função que a sua?

R: Os horários de trabalhos já são pré-estabelecidos por seus superiores em um mural que fica dentro Office do seu departamento. Caso deseje trocar de horário,  você terá que falar com  o seu manager e arrumar uma boa justificativa.

2. Documentação:

– Se vão reter meu passaporte, que tipo de documento usa para transitar pelo país que o navio atracar?

R: Se você ler a matéria que escrevi no GIRAMUNDOS.com sobre o Crew Card ou Crew Pass (http://www.giramundos.com/?p=3583)vai obter uma resposta mais completa. Quando você subir a bordo do navio, o setor de RH fará o seu Crew Pass no segundo dia. O Crew Pass é um cartão magnético que serve como sua identidade. Ele serve para você transitar dentro e fora do navio. Nele contém seus dados pessoais e algumas informações do navio.

– Tenho dupla cidadania, brasileira e italiana, isso influencia em algo? Pode me ajudar em alguma coisa?

R: Acredito que não influencia e nem lhe ajuda em nada. Talvez se você fosse trabalhar na companhia italiana Costa Crociere, por exemplo, os Oficias e Staffs do navio talvez lhe tratarião um pouco melhor, mas acho isso difícil de acontecer.

– Consequentemente tenho 2 passaportes, serão retidos os dois na hora do embarque?

R: Nunca ninguém me perguntou isso, mas acredito que se você apresentar os dois, eles terão que ficar retidos juntos. Se eu tivesse dois passaportes, apresentaria apenas um deles, até por que, se você apresentar os dois, o RH vai lhe questionar o motivo disso. Como você possui duas nacionalidades, o RH vai lhe perguntar a bandeirinha de qual delas você quer que fique estampada no seu Nametag (crachá).

3. Caso eu fique doente, a ponto de não conseguir trabalhar, como por exemplo uma gripe muito forte, qual o procedimento?

R: Isso já aconteceu duas vezes comigo. Peguei um vírus comum a bordo de navios, chamado (D&V – diarrhea and vomiting) diarreia e vomito. Precisei ficar numa cabine hospitalar sozinho sem receber visitas e comendo uma comida horrível. Eu sempre levei meus remédios particulares com as receitas médicas. Sempre tentei me recuperar sozinho para não ter que ficar de molho numa cabine hospitalar. Em casos graves, o tripulante é enviado ao seu país de origem para ser tratado e depois que ele se recuperar, ele recebe uma nova carta de embarque.

4. Procedimentos na hora de embarcar:

– Como é o procedimento depois que você já foi aprovado e vai embarcar?

R: Essa e muitas outras respostas estão na matéria no blog chamada (Manual do Novo Tripulante) http://www.giramundos.com/?p=1954

– Eu tenho que sair fora do país para pegar o navio na sua rota?

R: Se o navio estiver navegando em águas internacionais, por exemplo, na Europa, a companhia que lhe contratou pagará sua passagem até a cidade onde se encontra o navio. A empresa também paga uma noite com jantar em algum hotel na cidade onde o navio vai estar.

– Preciso pegar vistos para todas as paradas em que o visto é exigido? Mesmo que eu não saia da embarcação?

R: Quando o navio estiver atracado e você quiser descer em terra para conhecer os países, 99% deles não exigem visto para os brasileiros. Sobre o visto de tripulante americano C1/D serve apenas para companhias que vão ter os USA como itinerário. Mais informações sobre o visto, acesse a matéria no blog: http://www.giramundos.com/?p=1041

5. Cabine:

– Apesar de ter opções para guardar o dinheiro em bancos, vejo que para quem quer economizar, guardar o Money na cabine é a opção mais viável. Quais os melhores lugares para se esconder dinheiro?

R: Não posso lhe recomendar nenhum lugar específico, esse assunto é muito pessoal, você que deverá achar um lugar seguro na sua cabine.

– Como funciona a inspeção das cabines? Pode haver inspeção surpresa?

R: Todas as inspeções são anunciadas dois dias antes pelo seu departamento. Sempre algum colega do trabalha irá lhe avisar sobre essas inspeções.

6. Tenho dupla cidadania, brasileira e italiana, isso influencia em algo? Pode me ajudar em alguma coisa?

R: Acredito que não influencia e nem lhe ajuda em nada. Talvez se você fosse trabalhar na companhia italiana Costa Crociere, talvez os Oficias e Staffs do navio pudessem lhe tratar um pouco melhor, mas acho isso difícil de acontecer, ainda mais quando se trata de um tripulante.

7. Salário e gorjeta:

– Os valores dos salários e gorjetas citados em seu blog são mensais?

R: Acredito que todos que citei eram mensais.

– Como funcionam as gorjetas? Eles a deixam na cabine para você ou entregam a seu superior?

R: Ao superior eles jamais vão entregar. Eles costumam entregar as gorjetas pessoalmente a você ou deixam na cabine com algum bilhetinho.

– Caso a gorjeta seja intermediada por seu superior, há possibilidade deles te roubarem? (haha pergunta um pouco idiota, mas sim, tenho essa dúvida)

R: A resposta anterior responde esta questão!

8. Como funcionam as ligações?

R: Se você quiser ligar de dentro do navio para sua casa no Brasil é preciso comprar um cartão especifico para isso, mas lhe adianto que esse cartão é caríssimo, custa aproximadamente R$ 20,00 dólares. A dica é usar o SKYPE nos cafés dos países, todos possuem internet banda larga. Há também os próprios locutórios que oferecem serviço de ligações internacionais. Se paga barato pelo minuto.

9. Cargo:

– Há a possibilidade de subir de cargo? Como funciona essa transição?

R: Sim, há possibilidade. Sobre a transição, a resposta está na pergunta seguinte.

– Há possibilidade de trocar de cargo depois que já se está dentro da embarcação? Por exemplo, de camareiro a garçom.

R: De Camareiro para Garçom seria uma troca de departamento, sem chances. Para o meso departamento também é complicado. Exemplo, de Garçom para Bartender, também não seria possível. É preciso terminar todo contrato, antes de deixar o navio, se informe no RH dos tripulantes quais são os procedimentos. Mas lhe adianto que quando você ganhar alguma promoção para subir de cargo, algum dos seus chefes irá lhe avisar.

10. Aparência:

– A aparência influencia em algo? Ter boa aparência também é requisito? (não que eu seja feia sabe kkkkk)

R: Não que eu saiba, mas sempre é bom você chegar para a entrevista com um cabelo penteado, dentes escovados, bem vestida e com desodorante. Quando você subir a bordo, haverá uma palestra sobre aparência na área de passageiro.

– Tenho uma tatuagem no tornozelo não muito grande, que apesar de ser visível é possível cobri-la usando meia ou calça, e uma pequena na orelha. Teria possibilidade de ser rejeitada por alguma agência por minhas tatuagens? Mesmo que seja possível cobri-las?

R: Acredito que não, já vi tripulantes com tatuagens nos braços trabalhando sem problemas. Isso vai depender da agência e da companhia que está lhe recrutando. Acessa meu blog e clica no ícone currículo. Nele haverá todos os meus trabalhos anteriores, no da Royal Caribbean há uma foto minha com outro garçom. Dê uma olhada na tatuagem do braço dele.

 Dicas finais: 

– O que não me aconselharia a fazer?

R: O blog não aconselha ninguém, ele apenas oferece dicas e ajudas.

– O que é necessário para ser um excelente camareiro, além das suas toalhas enfeitadas tão enfatizadas? hahaha

R: A prática de todo Camareiro vem com o passar do tempo, mas para faturar uma grana extra, e não estou falando de qualquer merreca não, falo de ricas gorjetas, é preciso aprender a fazer as Dobraduras de Toalhas.

– Pode me dar dicas para quando eu for fazer um tour pelas paradas?

R: Infelizmente não sei qual é o navio que você irá trabalhar e nem o itinerário dele. Como não sei os países que você irá visitar, não consigo lhe fornecer dicas dos lugares.

A última pergunta é um pouco pessoal, mas fique a vontade caso não queira respondê-la.

– Por que deixou o trabalho?

R: Porquê encontrei oportunidades melhores que as do cruzeiro.

Me desculpe pela quantidade de perguntas, a ansiedade e curiosidade é muita. Responda-me as que forem possível.

Caso queira postar em seu blog algumas respostas para outras pessoas também lerem fique a vontade, desde que seja mantido o sigilo do meu endereço de e-mail.

Desde já agradecida.

Aguardo retorno.

 

DÚVIDAS DE TRIPULANTES INICIANTES EM NAVIOS DE CRUZEIRO:

Wednesday, January 16th, 2013

Olá pessoal, tudo bem? Sei que estou devendo alguns posts sobre trabalho a bordo de cruzeiros maritímos. Para o ano de 2013 estou formulando uns post bacanas para publicar no blog. Falando nesse assunto, hoje recebi um e-mail de um leitor do GIRAMUNDOS.com perguntando coisas interessantes sobre trabalho em navios. Resolvi copiar o e-mail dele e fazer esse post para esclarecer as dúvidas que estão passando na cabeça dele, e tenho certeza que também passarão na cabeça de muitos tripulantes iniciantes. A seguir seguem minhas respostas em itálico.

E-MAIL DO LEITOR:

“Oi Marcos tudo bom? Bem, faz uns dois meses que virei fã do seu Blog, pois estou prestes a ingressar na Costa, então estou aproveitando para ver suas experiências e me preparar para as minhas. Bem, estou com muitas dúvidas, e adoraria se você pudesse me ajudar, muitas são bem pessoais para que eu viaje da melhor forma possível sem transtornos. Vamos lá”

1) Com as Cias de cruzeiro (no meu caso a Costa Cruzeiros), devo levar minha carteira de trabalho? (li em algum lugar que não, pois o contrato é diferente dos tradicionais no Brasil, podes me explicar, pois do contrário já deixarei minha carteira em casa para não me preocupar com medo de perder lá).

R: Como as principais companhias de cruzeiros são internacionais, exemplo: (Costa Crociere, Ibero Crucero, MSC, Royal Caribbean e Princess Cruises), as leis trabalhistas desses navios também são internacionais. Um dos documentos mais importantes para ingressar a bordo de um navio é o passaporte, sem ele você não embarca. O passaporte ficará retido desde o primeiro até o último dia do seu contrato. As leis que regem a bordo dos navios podem ser representadas pela bandeira da embarcação ou pelo país em que o navio foi registrado. Portanto, não é preciso levar documentos, como: (Título de Eleitor, Carteira de Trabalho, CPF, CNH ou RG). Sempre assinei meus contratos anteriores com 77 a 84 horas semanais. Minha carga horária variava de 11 a 12 horas por dia de trabalho, sem nenhuma folga. Diferente do Brasil que a lei trabalhista permite que o colaborador cumpra apenas 44 horas semanal.

 2) A forma de pagamento. Vi em algumas fotos sua você e uma amiga com o dinheiro (hehe) como procede, eles nos chamam meio que por um superior e realizam o pagamento frente a frente em dinheiro ou é preciso ter uma conta a nível internacional?

R: As quatro companhias em que trabalhei, (Island Cruises, Costa Crociere, Royal Caribbean e Princess Cruises) pagavam nosso salário em dinheiro vivo. A Royal Caribbean era a única que pagava a cada 15 dias uma parte do salário. O que fazer com o dinheiro? A primeira opção é fazer uma transferência bancária pelo “Western Union”, um banco internacional que tem parceria com o Banco do Brasil. Se paga uma taxa pela transferência, e esse banco tem quase no mundo inteiro. Segunda opção, guardar o dinheiro com você na cabine até encerrar os oito meses de contrato. Essa opção é bem arriscada e eu não aconselho muito, pois o risco de alguém roubar todo seu dinheiro é grande. Ressalto que o navio não se responsabiliza em casos como esse. Já a companhia Princess Cruises oferece a opção para o tripulante guardar o salário em um caixa eletrônico internacional que fica dentro do próprio navio. Esse mesmo caixa se encontra em alguns países, ou seja, quando o tripulante precisar sacar uma grana fora ou dentro da embarcação, será possível.

3) É seguro levar computador (Notebook)?

R: Eu sempre levei meu notebook e acho de suma importância um computador portátil a bordo de um navio. Além de você poder carregar suas fotos pessoais, músicas, documentos, você também pode acessar a internet na maioria dos postos em que o navio está atracado. Em alguns portos é preciso consumir algo, em outros não para ter acesso. É bom de mais sentar-se num terminal portuário de primeiro mundo, receber um sinal de wireless rápido e matar a saudade da família pelo Skype.

4) Das questões de alimentação (café, almoço e janta) tudo isso fica disponível para gente em um ambiente para tripulantes mesmo né? Não terei que arcar com estas despesas a prior?

R: Uma das vantagens de trabalhar a bordo é juntar dinheiro sem gastar absolutamente nada com moradia, alimentação e transporte. Existe um lugar chamado Crew Mess que é reservado para toda tripulação fazer suas refeições. Além do café da manhã, almoço e jantar, sempre há frutas, cereais, leite, café e algumas outras refeições extras. De fome ninguém morre no navio, agora se essas comidas vão agradar o paladar de vocês, isso já é outra história…

ROSA DOS VENTOS BRASIL, TUDO PARA UM TRIPULANTE EM UM SÓ LUGAR!

Friday, October 5th, 2012

Post Patrocinado
Atenção tripulantes de primeira viagem: O mercado de cruzeiros no Brasil está em constante expansão, com isso, as vagas de emprego a bordo dos navios estão aumentando bastante. As companhias de cruzeiro americanas e europeias estão apostando cada vez mais na mão de obra brasileira. Para quem tem interesse em trabalhar a bordo de um transatlântico e conhecer o mundo sem pagar nada, o primeiro passo é candidatar-se numa empresa de recrutamento. Quer uma dica excelente? A “Rosa dos Ventos Brasil” é uma Empresa de Recrutamento e Treinamento de futuros tripulantes que desejam trabalhar a bordo de navios de cruzeiro. A empresa trabalha com uma das melhores companhias do mundo, a italiana MSC Crociere, que possui uma frota de 14 navios. No assunto “trabalho a bordo” a Rosa dos Ventos Brasil é uma das melhores do país. Localizada em Fortaleza, capital do estado do Ceará, a empresa se tornou referência em…

todo nordeste brasileiro. Desde 2008 já recrutou e envio para os navios da MSC mais de 2500 tripulantes. Um número bem satisfatório para o diretor-executivo “Diego Cabral”, que me revelou que a grande missão da Rosa dos Ventos é recrutar tripulantes de altíssima qualidade para a companhia. Diego também me contou que a maior preocupação dos candidatos na hora da inscrição é em relação aos idiomas. Mas a empresa já resolveu esse problema. Além de recrutar ela também oferece um curso básico de inglês na área de Turismo e Hotelaria terrestre e marítima. A empresa dispõe de uma infraestrutura completa e de colaboradores altamente qualificados. Confesso que depois de escrever esse post e saber que já trabalhei quatro anos embarcado, pintou uma vontade de retornar para vida dos cruzeiros. Não tenho dúvidas que se minha próxima companhia fosse a MSC Cruises, a recrutadora seria a Rosa dos Ventos Brasil!

Foto: Giramundos.com – (Alguns dos membros da Rosa dos Ventos Brasil)

Fotos: Giramundos.com

COMO CHEGAR A EMPRESA ROSA DOS VENTOS BRASIL?
Rua Visconde de Mauá, 85A – Meireles.
Fortaleza – Ceará – Brasil
+55 (85) 32248344 – Telefone
contato@rosadosventosbrasil.com.br
www.rosadosventosbrasil.com.br

 

AGÊNCIA DE RECRUTAMENTO – PORTSIDE BRASIL

Wednesday, September 26th, 2012

Post Patrocinado
Já pensou em trabalhar a bordo de um transatlântico? Se você é do tipo comunicativo que gosta de aprender outras culturas, falar diferentes idiomas, viajar o mundo e ainda ganhar dinheiro, você tem tudo para tornar-se tripulante de navio de cruzeiro. Como faço para conseguir um trabalho como esse? É simples, além das dicas que o GIRAMUNDOS.com oferece no blog, o primeiro passo é escolher uma agência de recrutamento idônea, a qual será responsável por todas as entrevistas e pelo seu embarque. A dica de hoje é sobre a “Agência Portside Brasil”, que está atuando no mercado de recrutamento de novos tripulantes há mais de cinco anos. A empresa é totalmente brasileira e possui como diretores e profissionais ex-tripulantes de navios de cruzeiro. Localizada em Curitiba, a Portside Brasil é a única agência que conheço que recruta tripulantes com custo zero de agenciamento. Isso quer dizer que não gastarei absolutamente nada para embarcar? Os gastos com passaporte, exames médicos e STCW são por conta do tripulante. Para os departamentos de Housekeeping, Bar e Restaurante, todos…

os interessados poderão realizar suas entrevistas por Skype até embarcar sem custo algum de agenciamento ou treinamento. Cargos para Recepção, Shore Excursion, Segurança, Enfermeiros e Animação poderão realizar a primeira entrevista por Skype e a última pessoalmente na sede da agência. O proprietário executivo Luiz Trindade me revelou que a Portside Brasil disponibiliza por temporada 1000 vagas de trabalho a bordo dos navios, para candidatos entre 18 e 39 anos. Lembrando que a Portside Brasil recruta exclusivamente para as companhias Costa Crociere e Ibero Cruceros. Se você ficou interessado em trabalhar a bordo, cadastre-se agora mesmo, http://www.portsideagencia.com.br/candidatos/cadastrar. Outra vantagem de escolher a Portside como agência, é a parceria que ela possui com a empresa Seaman Náutica, responsável por ministrar o “Curso STCW 95”. O curso é aplicado na sede da agência Portside em Curitiba e é obrigatório pela Marinha Brasileira. Para inscrever-se no curso e obter mais informações, envie um e-mail para info@portsideagenciaa.com.br

COMO CHEGAR A AGÊNCIA PORTSIDE BRASIL?
Horário de Atendimento:
De segunda a sexta – 09h00 as 18h00
+55 (41) 3352 1001 – Telefone
+55 (41) 3352 1004 – Telefone
Rua Vereador Antonio dos Reis Cavalheiro, 362
Próximo ao Walmart do Cabral
info@portsideagencia.com.br
www.portsideagencia.com.br/atendimento