Arquivo postado em ‘Puerto Alejandría’

CONTINUAÇÃO… DESCENDO RIO ABAIXO NUMA JANGADA DE BAMBU!

Sunday, February 13th, 2011

Continuação… Seguimos com a descida no Rio la Vieja. No meio do trajeto, numa parte estratégica do rio, o guia estaciona a jangada  para os turistas fazerem uma atividade de Ecoturismo. A parada inclui uma pequena trilha com cerca de 20 minutos até uma belíssima cachoeira, chamada Cascada de los Micos com 45 metros de caída. A visita a cachoeira dura em média 1 hora, durante esse período os turistas podem banhar-se na cachoeira, tirarem fotos ou ficarem apenas curtindo a energia da natureza. Retornando da Cascada de los Micos, venha à melhor parte, o almoço. Um tradicional “Fiambre” ou “Pollo al Paseo“, uma mistura de arroz branco, macaxeira, frango e batatas, tudo isso bem embrulhado em folhas de congo e de bananeiras, um truque para dar um sabor especial à comida, além de mantê-lá bem quentinha.

CURIOSIDADES SOBRE AS JANGADAS DE BAMBU:

As “Jangadas de Bambu” são um meio de transporte fluvial muito seguro. São construídas de bambus e sua estrutura é reforçada com um tubo de plástico em cada um dos lados. Os passageiros se sentam em bancos de madeira e a segurança deles é garantida com os coletes salva-vidas e pelo guia. Todos os guias conhecem perfeitamente o leito rio, suas correntes, suas pedras, partes baixas e profundas. O remo utilizado pelo guia é uma espécie de um pau de bambu de vários metros de comprimento. Cada jangada é construída com 17 bambus, dependendo do número de pessoas se agregam ou se retiram mais bambus. As medidas das jangadas são as seguintes: 9 metros de comprimento por 2,50 de largura. Sua capacidade máxima é de 12 a 15 passageiros.

Foto: Blog Giramundos – (Com cerca de 45 metros de altura, a Cachoeira de los “Micos” é um atrativo natural muito concorrido pelos turistas que descem de jangada o Rio la Vieja na Colômbia)

Foto: Blog Giramundos – (A única maneira de lavar a alma é tomando um banho de cachoeira. Você sai mais leve e com as energias recarregadas)

Foto: Blog Giramundos – (Depois de descer 3 horas de rio abaixo e nadar numa cachoeira, um almoço reforçado é mais que merecido)

Foto: Blog Giramundos – (Esse é o tradicional “Fiambre” ou “Pollo al Paseo“, uma mistura de arroz branco, macaxeira, frango e batatas, tudo isso bem embrulhado em folhas de congo e de bananeiras, um truque para dar um sabor especial à comida, além de mantê-lá quentinha)

DICAS ÚTEIS:
O preço inclui transporte terrestre a partir da cidade de Armênia em Jeep Willys, colete salva-vidas, seguro, guia e almoço tipo “Pollo al Paseo” ou “Fiambre”,
A atividade está permitida a partir dos 4 anos de idade,
Lembre-se de levar roupa leve para banho, jaqueta impermeável, sapatos para água e roupa seca para voltar,
Recomendo também você levar protetor solar, óculos de sol, chapéu, boné e repelente contra os mosquitos.

 

Vídeo: Blog Giramundos – (Marcos Garcia explicando sobre a Cachoeira de los Micos)

Vídeo: Blog Giramundos – (Para lavar alma de verdade, somente tomando um banho de cachoeira)

 

DESCENDO RIO ABAIXO NUMA JANGADA DE BAMBU!

Saturday, February 12th, 2011

A matéria deste final de semana é tão legal e interessante que eu resolvi dividi-lá em duas, ou seja, uma hoje Sábado e a continuação amanhã no Domingo. Confesso a vocês meus leitores que sou apaixonado por natureza e esportes que envolva adrenalina. A dica de hoje é uma interessante aventura de Ecoturismo, descer rio abaixo a bordo de uma jangada de bambu. Conheça um pouco mais desta interessante opção de Turismo de Aventura que eu realizei na Colômbia. O percurso começa em Puerto Alejandría no Estado de Quimbaya, Triângulo do Café na Colômbia, aonde se chega a partir de Armênia nos famosos carros da região que transportam café, os Jeep Willys. De lá os turistas navegam aproximadamente 12 quilômetros de rio abaixo numa jangada feita de bambu. Todo trajeto dura em média 5 horas e termina em um ponto chamado Piedras de Moler, entre Alcalá e Cartago. Durante toda viagem é possível observar a flora da região, árvores como: Caracoleis, Lauréis, Guamos, ceibas, cauchos, etc. A fauna também é outro…

atrativo bem lindo, como: garças brancas, azuis e negras, gaviões, papagaios, tamanduás, tatus, onça pintada e se tiver sorte, até jibóias é possível de encontrar. Além dos passeios diurnos, também há jangadas noturnas que descem o rio a noite com lua cheia, acompanhado das estrelas e dos cantos dos grilos e cigarras. Há jangadas especiais que levam a bordo músicos e contadores de histórias para acompanhar a viagem, dependendo do interesse dos passageiros, que em muitas ocasiões preferem navegar em silêncio para escutar os sons da natureza e descansar no ambiente do rio. A “Jangada de Bambu” é um meio de transporte adequado para as condições do Rio la Vieja. O rio tem partes profundas de 8 a 10 metros, outras mais baixas de 1 a 5 metros e em alguns trechos chega até aos 40 metros de profundidade. Durante a descida o guia responsável pela jangada e pelo grupo, orienta os lugares mais seguros para os turistas que querem pular na água e nadar nas corredeiras do rio. Ressalto que qualquer pessoa que for pular na água, use sempre os coletes salva-vidas. Amanhã eu continuarei a aventura no Rio la Vieja com vocês e vou relevar a surpresa que há no meio do trajeto!

Foto: Blog Giramundos – (Ao fundo um famoso carro da região que transporta café, o Jeep Willys)

Foto: Eu e os outros passageiros que desceram o rio na mesma jangada de bambu)

Foto: Blog Giramundos – (Durante o trajeto o guia avisa quais são os melhores lugares para nadar no rio)

Foto: Blog Giramundos – (No meio do percurso encontramos uma “draga” uma jangada que foi projetada para extrair ouro do fundo do rio)

Foto: Blog Giramundos – (A paisagem do lugar é deslumbrante!)

Foto: Blog Giramundos – (A Jangada é feita com bambus e reforçada com dois tubos de plásticos em cada um dos lados)

 

Vídeo: Blog Giramundos – (Marcos Garcia se preparando para descer el Rio la Vieja numa jangada de bambu na Colõmbia, PARTE 1)

 

Vídeo: Blog Giramundos – (Marcos Garcia descobre a verdadeira história sobre el Rio la Vieja na Colômbia, PARTE 2)

Vídeo: Blog Giramundos – (Marcos Garcia saltando da jangada no Rio la Vieja na Colômbia, PARTE 3)

Vídeo: Blog Giramundos – (Marcos Garcia descendo nas corredeiras del Rio la Vieja na Colômbia, PARTE 4)